Alagoas tem mais 10 mortes e 878 casos confirmados do novo coronavírus

Nas últimas 24 horas, Alagoas teve mais 878 casos confirmados de Covid-19 e 10 mortes provocadas pela doença, conforme boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (13), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Com os novos números, o estado passa a contabilizar 70.629 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 4.506 estão em isolamento domiciliar e 182 internados em leitos públicos e privados. Outros 64.218 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 121 casos em investigação laboratorial. O total de óbitos pela doença no estado é de 1.721.

Entre os 10 óbitos confirmados, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, três ocorreram em Maceió, tendo como vítimas duas mulheres e um homem. A mulher de 66 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu em sua residência; e a outra mulher, de 49 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Arthur Ramos. O homem de 74 anos era diabético e faleceu no Hospital da Mulher.

A Covid-19 vitimou mais sete pessoas que moravam no interior do estado, sendo cinco homens e duas mulheres. O homem de 74 anos, de União dos Palmares, era hipertenso e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 71 anos, de Craíbas, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Chama; o homem de 62 anos, de Água Branca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital de Campanha de Girau do Ponciano; o homem de 74 anos, de Feira Grande, era diabético e faleceu na Santa Casa São Miguel dos Campos; e o homem de 76 anos, de Messias, era diabético e faleceu na UPA Tabuleiro. A mulher de 65 anos, de Água Branca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Regional de Santana do Ipanema; e a mulher de 77 anos, de União dos Palmares, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Metropolitano.

Os casos confirmados estão distribuídos em 102 cidades alagoanas.

Entre os 1.721 óbitos, oito deles eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 1.713 residentes em Alagoas, 969 eram do sexo masculino e 744 do sexo feminino. Eram 785 pessoas que residiam em Maceió e as outras 918 moravam no interior do estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP