Alfredo Gaspar deixa o MPE e abre caminho para disputar a Prefeitura de Maceió

O procurador-geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, está se afastando do Ministério Público Estadual (MPE). Uma reunião convocada, de maneira extraordinária, para a manhã desta segunda-feira (2), na sede da instituição, com a presença de vários convidados (apoiadores), está sendo tratada como a ocasião em que o chefe do MP vai se despedir do cargo. Com isso, Gaspar confirma as expectativas de que vai mesmo disputar a Prefeitura de Maceió.

Emocionado, o até então procurador-geral confirmou que estaria se despedindo das atividades, que iria comunicar aos colegas e informou que não falaria sobre política neste momento.

Internamente, tudo já está planejado. O subprocurador-geral Administrativo do Ministério Público, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, vai assumir o cargo de procurador-geral de Justiça de maneira interina. Por força do regimento, ele deve convocar, em até 30 dias após a vacância, novas eleições para escolha do novo chefe.

No entanto, o procurador Márcio Roberto também deve se afastar. Ele será um candidato definitivo à vaga de Alfredo Gaspar. A eleição para escolha do novo procurador-geral de Justiça de Alagoas deve acontecer no mês de abril.

Alfredo Gaspar, emocionado, antes de seguir para reunião

FOTO: VICTOR LIMA

Desde janeiro, o subprocurador-adjunto estava assumindo este cargo devido às férias do titular. Os rumores de que Gaspar seria candidato a prefeito de Maceió são antigos e ganharam força, na semana passada, depois de conversas de bastidores darem conta de que ele teria o apoio do Palácio República dos Palmares e do prefeito de Maceió, Rui Palmeira (sem partido).

Entre os presentes na reunião extraordinária no MP, estava o delegado Leonam Pinheiro, de Marechal Deodoro. Ele elogiou o trabalho desempenhado por Alfredo Gaspar enquanto procurador-geral de Justiça. Outros membros da Segurança Pública também foram vistos no encontro de despedida.

“Sinto que, hoje, o doutor Alfredo é um homem movido a desafios e, além dos desafios, tem como meta de vida ajudar as pessoas, algo que ele já fez quando promotor de Justiça, mas que a carreira lhe deu uma limitação. Para que ele possa ampliar essa limitação e ajudar mais pessoas e continuar fazendo o bem, desempenhando bem o seu ofício em prol da sociedade alagoana, eu acho que esse passo é importantíssimo. Admiro a coragem, conheço também a competência e desejo boa sorte nos novos desafios”, destaca o delegado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP