Bruno Mota conquista seu espaço entre os titulares do CSA e se torna artilheiro do Alagoano 2021

Em um campeonato recheado de goleadores como Dellatorre, Lucão e Alan James, o Alagoano reservaria uma surpresa para o torcedor azulino. Em sua maior fase artilheira na carreira, o meia Bruno Mota roubou a cena e é artilheiro isolado do Estadual, com oito gols. Nessa terça-feira (11), contra o CSE, marcou mais dois, sendo um deles um belíssimo gol.

Revelado pelo Athletico Paranaense em 2015, Bruno Mota nunca foi artilheiro no profissional. Pelo Furacão, marcou apenas três gols em 27 jogos. Depois passou pela Turquia, Suíça e Grécia. No Brasil, passou por Portuguesa, Náutico e Treze e marcou somente mais sete gols.

Chegou ao CSA sem chamar muita atenção da torcida, mas, aos poucos, foi conquistando seu espaço. Fez parte do time alternativo que começou o Alagoano e, com a chegada de Bruno Pivetti, chegou à titularidade do Azulão. Com Mozart, Bruno fez três partidas completas com os reservas. Desde a chegada do novo treinador, o meia atuou em todas as quatro partidas como titular, três delas atuando os 90 minutos.

 

Em questão de bola na rede, é o segundo artilheiro do clube em 2021. Somente Dellatorre fez mais gols que ele na temporada (12 contra 8). Todos os oito gols marcados pelo meia foram pelo Alagoano, o que o credenciou como o atual artilheiro da competição em nove jogos disputados, com uma média de 0,88 gols por jogo.

O meia e o CSA, agora, esperam o vencedor do confronto entre CRB e Aliança para conhecer quem irá enfrentar na final do Estadual. O primeiro jogo da decisão será no próximo sábado (15), às 17h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP