CBF altera partidas do CSA da fase preliminar da Copa do Nordeste e Série B

O mês de janeiro será apertado para o CSA. A equipe terá a pela frente a reta decisiva da Série B, encarando sete compromissos. Os azulinos terão, também, um confronto importante pela fase preliminar da Copa do Nordeste, quando enfrentará o Moto Club-MA. Com o calendário cheio, a CBF realizou alterações nas datas de ambas as competições que o time marujo disputará no início de 2021.

A partida contra o Figueirense, que estava marcada anteriormente para o dia 5, foi realocada para o dia 8 de janeiro, às 21h30. A peleja, válida pela 33ª rodada da Série B do Brasileirão, será disputada em Florianópolis, no Estádio Orlando Scarpelli. No primeiro turno, em Maceió, o CSA venceu no Rei Pelé, por 3 a 0.

Já pelos playoffs da Copa do Nordeste, a alteração ficou por conta do primeiro jogo. A partida, que estava programada para acontecer no dia 8 de janeiro, será disputada no dia 5, às 21h30. O Estádio Nhozinho Santos, em São Luís, será o palco da peleja da ida. A volta, no Rei Pelé, segue mantida no dia 26 de janeiro.

A alteração se deu por logística. Após jogar contra o Sampaio em Maceió, a delegação azulina, que enfrentaria uma longa viagem para Florianópolis no dia 5, agora terá uma rota mais curta e seguirá rumo à capital maranhense.

No dia 8, data em que estava previsto o jogo de ida da Copa do Nordeste, o time marujo iria se deslocar 3.289km em uma viagem entre o Maranhão e o Paraná, palco do jogo seguinte do Azulão, contra o clube que carrega o mesmo nome do estado.

Com as alterações, a equipe alviceleste irá encarar um caminho mais curto, quando enfrentará o Figueirense no dia 8, em Floripa, e, posteriormente, o Tricolor da Vila em Curitiba.

Ataque embalado

A vitória na última rodada deu o posto do segundo melhor ataque da Série B para o esquadrão azulino. Com o triunfo sobre o Vitória por 3 a 0, a equipe chegou aos 42 gols marcados, um a menos que o Juventude, time que o Azulão persegue para poder entrar no G-4 e ficar mais perto do acesso.

A média de gols do time marujo impressiona: são 1,35 tentos anotados por partida. O principal artilheiro da equipe nesta Série B é Paulo Sérgio. O atacante, peça fundamental no esquema de Mozart, balançou as redes em 9 oportunidades. Logo atrás, na segunda posição, há um empate entre três jogadores: Pimpão, Pedro Lucas e Pedro Júnior marcaram 3 gols.

 

Paulo Sérgio é o artilheiro do Azulão na Série B com 9 gols marcados

FOTO: AILTON CRUZ

 

 

Chances de acesso

Apesar de estar na 5ª colocação, o CSA é o quarto time com mais chances de acesso à Série A segundo o Departamento de Matemática da UFMG. De acordo com as projeções do instituto, o Azulão tem 47,1% de probabilidade para disputar novamente à elite do futebol nacional em 2021.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP