CSA arranca empate contra o Avaí, 1×1

Jogando em Florianópolis-SC, na noite desta terça-feira (13), pela 16ª rodada da Série B do Brasileiro, o CSA ficou no empate por 1 a 1 com o Avaí, e traz na bagagem para Maceió um pontinho importante. O duelo aconteceu na Ressacada. Luciano Castán fez o gol do CSA e Getúlio assinalou para o Avaí, ambos na primeira etapa.

Com este resultado, o CSA subiu uma posição na tabela, agora é o 9º colocado, com 20 pontos somados. É o mesmo número de pontos do CRB (10º colocado), mas o Azulão está na frente por causa do número de vitórias: são seis contra cinco do Galo. Já o Avaí, com 23 pontos, fica na 5ª posição na tabela.

O Azulão volta a campo na terça-feira (20), contra o Botafogo-SP, no Rei Pelé, às 19h15; enquanto o Avaí, no mesmo dia e hora, encara o Juventude, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS.

1º tempo

CSA segurou o Avaí e conquistou um pontinho importante fora de casa

FOTO: FERNANDO REMORO/O FOTOGRÁFICO/

O jogo não tinha nem chegado a um minuto e o Avaí quem começou arriscando. Gastón aproveitou o erro de jogo de Luciano Castán, ficou com a bola, arriscou o chute de longe, tentando surpreender Matheus Mendes, que segurou lá no alto. O CSA respondeu aos 7 minutos. Paulo Sérgio recebeu livre de marcação, ajeitou e chutou no meio do gol, mas Frigeri só encaixou.

Aos 9 minutos de novo o CSA, que acabou abrindo o placar. Nadson cobrou o escanteio no meio da área, Luciano Castán subiu no meio de dois zagueiros e cabeceou no ângulo: 1 a 0. Este foi o segundo gol de Castán pelo CSA, neste ano.

À frente no placar, o CSA passou a se postar todo fechado, enquanto o Leão tentava encontrar espaço. Aos 17 minutos, quando achou espaço, o Avaí chegou. Após jogada bem trabalhada, Gastón Rodriguez recebeu na entrada da área, chutou com força e a bola passou raspando a trave direita de Matheus Mendes.

O Azulão tocava a bola no campo de defesa. Mas, aos 27 minutos em uma tentativa azulina, em cobrança de falta, Rafinha pegou distância, chutou forte e Lucas Frigeri caiu para mandar a bola para escanteio. Um minuto depois foi o time catarinense quem levou perigo ao gol do Azulão. Valdívia bateu o escanteio, o ex-CSA Alan Costa apareceu bem no meio da zaga e cabeceou, mas viu a bola passar muito perto do gol de Matheus Mendes.

A partida se aproximava dos 35 minutos e o CSA seguia bem em campo, girava a bola e administrava o placar. Porém, já aos 39 minutos, o Avaí chegou ao empate, com Getúlio. O cruzamento veio do lado direito e ele apareceu na segunda trave, deu um peixinho e deixou tudo igual na Ressacada: 1 a 1.

O árbitro Vinícius Furlan decretou apenas um minuto de acréscimo e aos 46 minutos, fim de papo no 1º tempo, com tudo igual no placar.

2º tempo

Na etapa final, o CSA começou com a bola no campo de defesa. E o Avaí tentava chegar. Aos 5 minutos, veio o primeiro lance de perigo contra o time alagoano. Valdívia recebeu dentro da área do CSA, chutou cruzado, mas foi travado, para alívio da equipe maruja. Aos 8 minutos, nova chance para o Avaí: Valdívia cobrou a falta, mandando com muito perigo e Matheus Mendes segurou firme.

O CSA estava bem no jogo, mas faltava qualidade no arremate final, quando a bola chegava ao ataque. Já o Leão seguia em busca do gol da virada. Aos 23 minutos, em boa tentativa do Avaí, Ralf recebeu com liberdade, mandou na área do Azulão e Gastón desviou de cabeça, mas a redonda foi direto para fora.

O time alagoano aproximava as linhas no campo de defesa e dificultava as ações do Leão. Aos 26 minutos, o CSA teve uma falta a ser cobrada. Rafinha soltou a bomba, mas a bola carimbou a barreira. Aos 30 minutos, Gastón Rodrigues dominou na área, chutou cruzado, a bola foi na pequena área do CSA e saiu à direita, pela linha de fundo.

O jogo passava dos 35 minutos e o CSA jogava todo retraído, enquanto o Avaí tentava se mandar para o ataque. Só que o time marujo girava a bola e não tem pressa alguma. Aos 39 minutos, Felipe desceu pela direita, passou pelo primeiro, mas a cobertura do Azulão chegou e mandou a bola para a lateral.

Aos 41 minutos, Vinícius Jaú chegou à linha de fundo e chutou rasteiro, mas o goleiro Matheus Mendes segurou em dois tempos. O árbitro deu 4 minutos de acréscimos. Mas, aos 48 minutos, os donos da casa ainda tentaram e assustaram o Azulão. Valdívia cobrou uma falta, mandando a bola na área, ela foi desviada, Matheus Mendes deu um tapinha e a redonda acertou a trave azulina. E, Aos 49 minutos, o árbitro encerrou o jogo, com o empate importante do CSA, que traz para Maceió um pontinho precioso na bagagem.

Avaí – Lucas Frigeri; Yuri (Felipe), Rafael Pereira (Betão), Alan Costa e Luan Silva (Zé Marcos); Ralf, Valdívia e Pedro Castro; Rômulo (Ronaldo), Getúlio (Vinícius Jaú) e Gastón Rodriguez. Técnico: Geninho.

CSA – Matheus Mendes; Diego Renan, Cleberson, Luciano Castán e Rafinha; Geovane, Yago e Nadson (Marquinhos); Andrigo (Allano), Rodrigo Pimpão (Victor Paraíba) e Paulo Sérgio (Pedro Lucas). Técnico: Mozart.

Árbitro – Vinícius Furlan (SP).

Assistentes – Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP