Em AL, Transformação Digital e tratamento de dados auxiliam enfrentamento da Covid-19

Com a pandemia do novo coronavírus, mais do que nunca, os Estados tiveram de unir forças técnicas e reorganizar estratégias para conseguir enfrentar os desafios que surgiram e que continuam a aparecer. Em Alagoas não foi diferente, e a Secretaria do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) atuou de forma conjunta com órgãos e demais pastas do Governo para dar suporte aos projetos que nasceram nesse cenário. Duas frentes de trabalho foram cruciais para o desenvolvimento de importantes ferramentas de enfrentamento à pandemia criadas pela pasta: a transformação digital e o tratamento de dados.

Ambos os temas, que já eram recorrentes em vários projetos da secretaria, ganharam ainda mais relevância nos últimos tempos e viraram fortes aliados para evitar a propagação do vírus no Brasil e no mundo. Foi com um trabalho intenso e diário de tratamento de dados, por exemplo, que a Seplag, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), criou um painel interativo, abastecido e atualizado com informações variadas sobre a situação da pandemia no estado.

Na plataforma, além dos dados da Covid-19 por bairros, é possível ter acesso ao número de casos e de óbitos em nível de município, aos casos confirmados a cada 100 mil habitantes e a uma série histórica com um breve perfil dos pacientes. A população pode, ainda, se informar sobre os dados hospitalares e comparar a evolução dos casos tanto dentro do próprio estado de Alagoas, através de filtros escolhidos por ela mesma, como com outras unidades federativas do país.

“O Estado tem feito um movimento gigantesco para atualizar a população alagoana, diariamente, com informações sobre a pandemia do novo coronavírus. É um trabalho bastante minucioso e sobre o qual as equipes técnicas se debruçam com muito afinco para que possamos assegurar cada vez mais qualidade na entrega de dados. O Painel foi um ganho para a produção de informação dentro do estado, para a transparência e, principalmente, para a população alagoana”, afirma o secretário do Planejamento e Gestão, Fabrício Marques Santos.

Transparência de dados da Covid em primeiro lugar

Com foco na interatividade dos dados, a ferramenta, que foi desenvolvida pela Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (Sinc) da Seplag, conta também com os dados em formato aberto e com mapas que dinamizam a visualização das informações e ajudam a estabelecer uma relação entre os números da Covid e o espaço geográfico.

Fotos: Márcio Ferreira

Atualizado diariamente, o painel, que está disponível no site alagoascontraocoronavirus.al.gov.br, foi umas das iniciativas que auxiliaram o Governo de Alagoas a alcançar, em maio, o 1º lugar no Índice de Transparência da Covid-19, desenvolvido pela ONG Open Knowledge Brasil (OKBR). O ranking, que é referência no tema, leva em consideração os boletins e informativos epidemiológicos, painéis, relatórios, entre outras publicações de portais de saúde e de órgãos ligados à produção de dados no âmbito da esfera pública.

“A gestão pública moderna exige que um dos princípios mais importantes seja o da transparência. A gente tem atuado com muito equilíbrio, com muita serenidade, ouvindo a ciência, mas principalmente, priorizando o acesso aos dados. Agir com transparência é mais uma demonstração de que estamos imbuídos no mesmo propósito de trabalhar, diuturnamente, para que a pandemia continue sendo tratada de forma séria e com muito respeito à vida e à saúde pública”, pontua o secretário da Saúde de Alagoas, Alexandre Ayres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP