Maceió, Arapiraca e Rio Largo têm mais óbitos pelo novo coronavírus em AL

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta sexta-feira (2), confirma mais 246 novos casos e sete óbitos por Covid-19 em Alagoas. O estado tem, oficialmente, 87.750 notificações do novo coronavírus, 84,5 mil recuperados da doença e 2.085 mortos.

Maceió tem quase 29 mil infectados e 961 mortos por Covid-19, seguido de Arapiraca com 11,6 mil casos e 144 óbitos. O terceiro município com mais notificações da doença é Marechal Deodoro, com 2,4 mil e 36 mortos. Entretanto, Rio Largo tem mais vítimas que não resistiram às complicações da doença – são 59 – segunda cidade em Alagoas, com 1,2 mil infectados.

Segundo a Sesau, em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, oito deles eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres.

Dos 2.077 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 1.167 eram do sexo masculino e 910 do sexo feminino. Eram 961 pessoas que residiam em Maceió e as outras 1.116 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Óbitos – No boletim desta sexta-feira (2), mais sete mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Três vítimas eram residentes em Maceió, sendo um homem e duas mulheres. O homem de 59 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; a mulher de 63 anos era cardiopata e faleceu no Hospital Arthur Ramos; e a vítima de 65 anos era diabética e faleceu na UPA Trapiche.

A Covid-19 vitimou mais quatro pessoas que moravam no interior do Estado, sendo duas mulheres e dois homens. A mulher de 65 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Regional do Município; a vítima de 81 anos, de Junqueiro, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; o homem de 87 anos, de Cajueiro, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; e o homem de 54 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Regional do Município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP