Prefeitura de Coruripe e Governo de Alagoas realizam entrega do Cartão CRIA

A meta da Prefeitura é alcançar a marca de 2.800 famílias cadastradas do Programa em Coruripe.

A Prefeitura de Coruripe e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, entregaram, nesta terça-feira (09), o Cartão Cria, do Programa Criança Alagoana (CRIA). Nesta primeira etapa, estão sendo beneficiadas 85 mães coruripenses, com filhos de até 6 anos com o auxílio mensal de R$ 100.

“Este é um programa de excelência para todo o estado de Alagoas. O governador e sua equipe estão de parabéns. São milhares de mães beneficiadas com esse cartão de distribuição de renda. Para nós, de Coruripe, essa data de hoje é muito importante. Acabamos de assumir e já estamos ajudando nossa gente. São R$ 100 que significa qualidade de vida para essas famílias e consequentemente, para o comércio”, comemorou a secretária de Assistência Social, Célia Gama.

Em Coruripe, a meta é alcançar 2.800 famílias beneficiadas pelo Programa no município, no período que vai da gestação até os 06 anos de idade, levando em conta os aspectos físicos, psicossociais e o contexto da família. Ao final, o programa vai injetar também no comércio local 280 mil reais por mês.

“É com imensa alegria que estou aqui em Coruripe participando do lançamento do Programa Criança Alagoana. Pois bem, o CRIA vai cuidar da gestação até os 06 anos de idade. Este auxílio é de extrema importância para os cuidados das crianças. Os pais podem comprar o que quiserem, de fraldas e remédios, até comida. Estamos iniciando em Coruripe com 85 mães. O número de beneficiados ainda é menor, também por causa da pandemia. Mas, a nossa meta é alcançar 2800 mães”, pontuou a gerente de Proteção Social Básica da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Aline Rodrigues.

O cadastro das beneficiárias do programa iniciou no ano passado, alcançando um número baixo, se comparado aos outros municípios do Litoral Sul do estado. O prefeito Marcelo Beltrão garantiu que se o Governo de Alagoas estabelece uma meta, o município tem obrigação de cumprir.

“Esse número baixo de beneficiados me incomoda. São vários aspectos e índices negativos de atendimento à população. Durante nossa caminhada encontramos até gestantes sem pré-natal, sem atendimento médico pelos povoados mais distantes. Isso resultou na falta de informação para essas mães se enquadrarem dentro do Programa CRIA. Garanto que todas as mães serão acompanhadas pela Saúde e Assistência Social. Essa é uma obrigação do poder público. Queremos que todos os coruripenses tenham novos horizontes e vislumbrem um futuro. Vamos lutar incansavelmente para isso. E a mate de estabelecida pelo Governo de Alagoas vamos cumprir”, afirmou o prefeito Marcelo Beltrão.

Novos cadastros

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e da Mulher orienta que as mães que se enquadram no Programa CRIA não procurem ainda a sede da pasta, buscando evitar aglomerações. Até a próxima sexta será divulgado um cronograma de atendimento. A Secretaria orienta ainda que, para se cadastrar no Cria, as beneficiárias precisam estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

Texto e Fotos: Roberto Miranda

Secom Coruripe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP