Projeto Maná: Agricultores comemoram a colheita de mais de 200 toneladas de feijão

Nesta terceira edição programa alcançou 934 famílias  

Texto: Leila Cristhina / Fotos: João Alexandre

A festa da colheita é um momento que celebra a prosperidade daquilo que foi semeado. Para o coruripense que vive da agricultura é assim e, neste sábado (12), mulheres e homens que fazem da terra a sua vida e dela tiram seu sustento, foi momento de agradecimento e alegria, pelo suprimento das necessidades que foi proporcionado pela terceira edição do Projeto Maná.

Esse foi o cenário visualizado por todos que chegavam ao Clube Social Afusco, para celebrar as mais de 200 toneladas de feijão colhidas do Maná. Entre os presentes, o prefeito Marcelo Beltrão, o vice Zé Enéas, vereadores, representantes da Usina Coruripe, secretários municipais, imprensa e agricultores familiares, que trabalharam ao longo dos últimos meses e estavam celebrando a colheita.

Nesta edição, foram beneficiadas diretamente 934 famílias de várias regiões de Coruripe. Foram investidos pela Prefeitura cerca de 400 mil com a compra de sementes, plantio, transporte dos agricultores, apoio técnico e o uso dos equipamentos agrícolas. Com isso, o Município estima 4 milhões girando na economia.

“Com a parceria incondicional da Usina Coruripe e de parceiros como José Juarez (vereador), Antônio Lira e Clóvis Farias (Clovinho) conseguimos aumentar a área do plantio, garantindo mais de 200 toneladas de feijão na mesa do coruripense. Estamos em estado de gratidão comemorando em grande estilo a terceira edição do Projeto Maná. Não podemos deixar de citar que para essa ação acontecer contamos com a administração comprometida do prefeito Marcelo Beltrão e do vice Zé Enéas, que sem esse apoio ao pequeno agricultor o projeto não aconteceria com tanto sucesso. Comida na mesa de quem precisa e de quem merece”, enfatizou o secretário de Agricultura, Victor Oliveira.

Muitas são as histórias interligadas ao projeto, famílias dividem juntas a importância da agricultura nas suas vidas, foi o caso do agricultor Gelney Galdino, que estava com a mão machucada devido um pequeno acidente na colheita, mas que fez questão de participar e fazer seu depoimento. “Quem tá aqui feliz se sustenta do plantio, essa é a nossa vida. Coruripe tem uma terra boa, aqui plantando certeza, que dará frutos. O apoio foi essencial para nossa produção, se não fosse pela ajuda da prefeitura e os demais que colaboraram não teríamos essa quantidade boa na colheita”, enfatizou emocionado.

O prefeito de Coruripe, Marcelo Beltrão, participou ativamente de todas as etapas do projeto e destacou a importância do evento. “Muita emoção para todos nós aqui na festa da colheita, agradecer a Deus e a todos que fizeram essa bênção acontecer com essa safra de feijão farta na mesa de quem mais precisa. Aproveito o momento e cito a Usina Coruripe, esse forte e sempre parceiro junto aos demais colaboradores. A idealização do projeto surgiu quando eu e Alesson Lira, antecessor responsável pela pasta da Agricultura, nos espelhamos na experiência de outros municípios e traçamos todo o desenvolvimento dele. Entusiasta como eu da causa social, ele me disse que o nome do projeto deveria ser Maná.  E me explicou a escolha: Maná foi o alimento sagrado concedido por Deus para o povo liderado por Moisés durante toda sua estada no deserto rumo à terra prometida. Então, foi assim e hoje nosso amigo o secretário Victor Oliveira está com toda a equipe da secretaria dando continuidade ao projeto. Estão de parabéns, além de toda a logística para a ajudar o agricultor eles conseguiram plantar em cinco dias todo o feijão, foi um recorde”, encerrou o gestor.

A programação da festa incluiu as atrações musicais, Clícia Ramos e banda e Chapolim do Brasil.

O Projeto Maná tem como objetivo garantir renda e alimento com o plantio do feijão. Na prática, são cedidas áreas à gestão municipal durante o período de entressafra da cana-de-açúcar, terras que ficariam ociosas entre os meses de fevereiro e agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP