Sem dupla, Cuca queima a cuca.

Cuca comandou o Santos na temporada 2018, mas deixou o clube por problemas de saúde - Thiago Ribeiro/AGIF

 

O técnico Cuca, (foto acima/Thiago Ribeiro/AGIF), vive um “dilema” antes de Santos x Ceará, amanhã, às 18h15 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O treinador quer ter força máxima antes da Libertadores da América, mas se preocupa com possíveis lesões. O Peixe enfrentará o Boca Juniors (ARG) nos dias 6 e 13 de janeiro, pelas semifinais da competição continental.

A princípio, Cuca pretende ter força máxima até como “teste” antes das decisões. A comissão técnica debaterá sobre o assunto e conversará com o elenco neste sábado, um dia depois da folga de Natal.

Dois jogadores não devem atuar: Pará (lesão na coxa) e Jobson (inflamação no tendão calcâneo). Pará é titular, enquanto Jobson briga por espaço no meio-campo. Lucas Veríssimo, em negociação com o Benfica (POR), é dúvida.

Com todos à disposição além dos lesionados, o provável Santos para atuar amanhã é o seguinte: John, Madson, Lucas Veríssimo (Laércio), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison (Lucas Braga), Diego Pituca e Sandry; Marinho, Soteldo e Kaio Jorge.

Blog e Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP