“Voltou muito bêbado”, diz esposa sobre Daniel Alves em julgamento

O depoimento da esposa de Joana Sanz, esposa Daniel Alves, fechou o segundo dia de julgamento do jogador, que responde pelo crime de estupro de uma jovem espanhola 23 anos. O tom adotado pela mulher do jogador perpetuou durante o depoimento de todas as testemunhas, que ratificaram o consumo excessivo de álcool do lateral no momento em que teria cometido o crime.

“Ele foi comer com seus amigos no restaurante. Passou o dia aí e voltou era quase 4 da manhã. Voltou muito bêbado, fedendo a álcool. Bateu no armário e caiu na cama”, depôs Joana Sanz.

Segundo a modelo, seu marido chegou em casa completamente embriagado, fato que bate com a fala de outras testemunhas, dentre elas, amigos que acompanhavam o jogador na boate em que o ocorrido aconteceu.

O segundo dia de audiência contou com a fala de 22 testemunhas e os depoimentos acerca da embriaguez de Alves corroboram com a estratégia da defesa do jogador. Na Espanha, o consumo exagerado de álcool é um atenuante que pode reduzir a pena do crime pela metade.

O último dia de julgamento acontece nesta quarta-feira (6/2), no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha, e contará com o depoimento de Daniel Alves.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP