CRB perde para o Juventude e aumenta distância para o G4: 3 a 1

No 50º jogo de Daniel Paulista à frente do CRB, o desempenho foi longe do que a torcida esperava. Na noite deste sábado (16), o Galo perdeu para o Juventude por 3 a 1, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O duelo direto foi válido pela 28ª rodada da Série B e interrompeu a sequência regatiana de oito jogos sem perder na competição.

A atuação foi abaixo do esperado e pouco o CRB atacou a equipe gaúcha. O Papo, aproveitando-se disso, matou o confronto no segundo tempo, com gols de Gabriel Taliari (de pênalti), David e Jean Irmer. Falcão fez o único gol alvirrubro.

Veja como foi o jogo no YouTube da Gazeta 94.1 FM!

Com o resultado, o time jaconeiro subiu três posições na classificação e pegou uma vaga no G4. O Ju é o 4º colocado, com 47 pontos. Porém, precisa secar Guarani e Novorizontino para seguir lá. O CRB segue em nono com 42 pontos, mas a distância para o grupo de acesso aumentou de três para cinco pontos.

A 29ª rodada começa já nesta terça-feira (19), entretanto, Juve e Galo só atuam daqui a uma semana. O CRB terá um desafio grande no sábado, dia 23, recebendo o Guarani no Estádio Rei Pelé, às 17 horas. O Papo terá pela frente o Avaí, segunda-feira, dia 25, na Ressacada, em Floripa.

PRIMEIRO TEMPO

A partida iniciou bem estudada, mas o Juventude tinha mais posse de bola e subia ao ataque. Com 2min, Jean Irmer colocou a bola na área e por pouco Taliari não desviou para o gol. Com 3min, Hereda cruzou para Anselmo, que cabeceou de fora da área, para fora. O ritmo aumentou aos poucos, ainda mais com o Papo tentando pressionar.

Com 14min, em bola alçada na área regatiana, os jogadores pediram pênalti após um suposto toque de mão de Gum, porém, o confronto seguiu. O Juventude tinha mais a bola, no entanto, a marcação regatiana estava forte. Com isso, a partida ficou mais concentrada no meio, com poucas chances criadas.

Juventude teve mais posse no primeiro tempo – Foto: Gabriel Tadiotto/ECJuventude

O CRB poucas vezes chegou perto do gol jaconeiro. Entretanto, nas vezes que chegou as jogadas não fluíam. Aos 35 minutos o ritmo era sonolento, com quatro finalizações apenas, nenhuma na direção do gol. Quando surgiu uma chance, foi do lado gaúcho. Com 41 minutos, David recebeu na entrada da área, pelo lado esquerdo, mas finalizou mal.

O Juventude até pisou no campo de ataque, mas errou muitos passes. Enquanto isso, poucas vezes o Galo encaixou um contra-ataque. A arbitragem até deu seis minutos de acréscimos, mas nada que mudasse o panorama do confronto.

Aos 51 minutos, a primeira etapa chegou ao fim: Juventude 0x0 CRB.

SEGUNDO TEMPO

O CRB voltou com uma mudança, saindo Anselmo Ramon e entrando Rômulo. A decisão surpreendeu os torcedores, mas, tratou-se de uma dor na coxa. Porém, o Juventude seguiu melhor, chegando mais ao ataque. Com 5min, porém, o CRB finalmente achou um contra-ataque. Rômulo avançou pela ponta direita, Léo não abriu e Rômulo arriscou, para fora.

Aos 9 minutos, o Ju encontrou sua melhor chance no jogo. Reginaldo cobrou falta pelo lado esquerdo e Daniel Cruz deu uma casquinha na direção do gol, mas a redonda raspou na trave com perigo. O Galo só chegou aos 10min, também após cobrança de falta, mas Renato finalizou muito mal.

CRB precisou correr atrás do prejuízo no segundo tempo no Jaconi – Foto: Gabriel Tadiotto/ECJuventude

Quem também chutou mal foi Falcão, aos 12min, longe do gol de Thiago Couto. Com 15min, Diogo Silva fez sua primeira defesa no jogo. Edimar e Ramon falharam e Daniel Cruz roubou. A batida, entretanto, foi fraquinha, nas mãos do arqueiro regatiano.

Porém, era um notório crescimento do Ju no jogo. Com 18 minutos, após cobrança de escanteio, Jean Irmer desviou de cabeça e a bola bateu no braço de Hereda. Arthur Gomes Rabelo marcou pênalti para o Papo. Para cobrança foi o ex-azulino Gabriel Taliari. camisa 19 foi bem demais, deslocou Diogo Silva e mandou no canto esquerdo, abrindo o placar para o Juventude: 1 a 0.

Mesmo com a vantagem, o Juventude seguiu melhor. Novamente pelo alto, aos 24min, Zé Marcos tentou e errou. Aos 28min, foi a vez de Ruan. Em chegada pela direita, o atacante driblou e arrematou para a defesa de Diogo. Contudo, parecia questão de tempo até o Galo sofrer lá atrás.

Com 30 minutos, Jean Irmer roubou uma bela bola no meio e colocou um lindo passe do lado esquerdo para David. O atacante estava sozinho, ajeitou o corpo e mandou uma bomba, sem chances para Diogo: 2 a 0 para o Papo.

CRB sofreu com um gol atrás do outro – Foto: Gabriel Tadiotto/ECJuventude

A paz reinou com o 2 a 0 no placar. Sem reação, o CRB não assustou o goleiro Thiago Couto na reta final. Pior que isso, nem mesmo chegou a finalizar. Foram 15 minutos de pura articulação, até o Juventude chegar novamente. Com 45 minutos, a bola foi cabeceada e Diogo até defendeu. Porém, o goleirão soltou a bola nos pés de Jean Irmer, que sozinho ampliou a vantagem gaúcha: 3 a 0.

O gol fechou o caixão regatiano, que nada fez para reagir. Com 51 minutos, Bruno Silva ainda tentou de fora, mas pegou mal. No primeiro chute ao gol, com 53 minutos, finalmente o CRB balançou as redes. Falcão pegou a sobra do escanteio e acertou um torpedo, para fechar o placar: Juventude 3×1 CRB.

Gabriel Taliari comemora gol do Juventude – Foto: Gabriel Tadiotto / E.C. Juventude

FICHA TÉCNICA

Juventude – Thiago Couto; Reginaldo, Danilo Boza, Zé Marcos e Alan Ruschel; Jean Irmer, Jadson (Tite) e Vini Paulista; Daniel Cruz (Ruan), David (Vitinho) e Gabriel Taliari (Matheus Vargas). Técnico: Thiago Carpini.

CRB – Diogo Silva; Hereda (Matheus Ribeiro), Gum, Ramon Menezes e Edimar; Falcão, Lucas Lima (Juninho Valoura) e João Paulo (Rafael Longuine); Léo Pereira, Renato (Bruno Silva) e Anselmo Ramon (Rômulo). Técnico: Daniel Paulista.

Gols – Gabriel Taliari (JUV – 20’/2T), David (JUV – 30’/2T), Jean Irmer (JUV – 45’/2T)

Cartões amarelos – Jean Irmer (JUV), Ramon Menezes (CRB), Vitinho (JUV), Matheus Vargas (JUV).

Árbitro – Arthur Gomes Rabelo (CBF/ES)

Assistentes – Kleber Lúcio Gil (CBF/SC) e Guthieri Javarini Rodrigues (CBF/ES)

Quarto árbitro – Erico Andrade de Carvalho (CBF/RS)

VAR – Wagner Reway (VAR-Fifa/PB)

Assistente do VAR – Rejane Caetano da Silva (Fifa/RJ)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP