Estado garante seringas e agulhas para apoiar a vacinação em todos os municípios de AL

 Renan Filho e  Alexandre Ayres visitaram o estoque de seringas e agulhas nesta quarta-feira (13)Renan Filho e Alexandre Ayres visitaram o estoque de seringas e agulhas nesta quarta-feira (13)Dárcio Monteiro

Texto de Luciana Buarque

Para evitar qualquer descontinuidade na vacinação contra a Covid-19, o Estado de Alagoas se antecipou e já adquiriu seringas e agulhas a fim de garantir o abastecimento dos municípios que não tiverem insumos suficientes. Na manhã desta quarta-feira (13), o governador Renan Filho e o secretário da Saúde, Alexandre Ayres, visitaram o estoque de seringas, na sede do Programa Nacional de Imunização, em Maceió.

“O Estado tem condição de garantir seringas para todos os municípios que não tiverem. Aqueles que tiverem e puderem somar esforços conosco, utilizaremos juntos os nossos estoques. Mas, para aqueles que não têm, o Estado adquiriu seringas para todo mundo e esperamos que tenhamos a vacina o quanto antes para termos um plano de vacinação bem sucedido em Alagoas”, anunciou o governador. “Estamos nos preparando para não haver descontinuidade, caso os municípios tenham algum problema”.

A responsabilidade de distribuição de insumos é do governo federal, por meio do Ministério da Saúde, mas o Governo do Estado preferiu se antecipar assim que as vacinas avançaram em todo o mundo, como explicou o secretário da Saúde, Alexandre Ayres: “Como tivemos muita dificuldade com a aquisição de respiradores, lá atrás, decidimos organizar os nossos insumos o quanto antes”.

 Renan Filho e  Alexandre Ayres visitaram o estoque de seringas e agulhas nesta quarta-feira (13) (Dárcio Monteiro)

No estoque estadual, já há em torno de 1 milhão e 250 mil unidades de seringas e agulhas destinadas à imunização contra o novo coronavírus, de acordo com Ayres. “E estamos recebendo um novo carregamento nos próximos dias, para apoiar os municípios de Alagoas”, complementou.

Segundo o governador Renan Filho, o Governo está preparado para distribuir as vacinas a todas as regiões do estado em 24h após seu recebimento. “Alagoas é um estado relativamente pequeno, o que vai facilitar o Plano Estadual de Vacinação”, disse.

Ele lembrou que a prioridade inicial na imunização será dos profissionais de saúde, seguidos pelas pessoas acima de 75 anos e pessoas com comorbidades, mas afirmou que o Governo está avaliando, por conta do retorno das aulas presenciais, priorizar também a vacinação dos profissionais de educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP