Mitos e verdades sobre malhar em jejum…

Não é todo mundo que gosta, mas malhar em jejum pode ser excelente, a depender do exercício escolhido e de quais são os objetivos – principalmente para quem já tem uma boa consciência corporal. Quem pratica, alega que se sente mais disposto, sente uma melhora no desempenho do treino e emagrece mais rápido. Mas será que tudo isso é verdade?

Os resultados vêm mais rápido quando se malha em jejum

Mito. Você pode até emagrecer mais rápido, já que o seu corpo irá usar a gordura como energia, mas essa troca não é muito recomendada, já que devido aos baixos níveis de glicogênio durante o exercício, você vai perder massa magra. E muito cuidado para não exagerar na intensidade e sentir tontura ou desmaiar enquanto malha.

Pode aumentar a compulsão alimentar depois do treino

Verdade. Se a alimentação não for bem equilibrada e planejada ao longo do dia, pode-se ter episódios de compulsão alimentar – e atrapalhar seus resultados à longo prazo. Portanto, quem estiver dando os primeiros passos agora e iniciando uma rotina saudável, espere um pouco para se exercitar em jejum.

Qualquer pessoa pode malhar em jejum

Mito. Grávidas, lactantes e pessoas com problemas de pressão arterial ou relacionados ao coração, não façam isso! Principalmente se não houver nenhum educador físico supervisionando.

Fazer aeróbios de estômago vazio melhora o condicionamento

Verdade. Estudos mostram que os exercícios de cardio quando executados em jejum, melhorar o VO2 máximo – que é a capacidade que o corpo tem de consumir oxigênio durante uma atividade física.

Posso malhar fazendo qualquer tipo de jejum

Mito. Recomenda-se ficar sem se alimentar antes de se exercitar somente de 06h a 08h – não mais que isso.

Não menos importante, faça suas escolhas sempre amparadas por profissionais que entendem do assunto, e sempre respeitando seus limites e objetivos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP