Prefeito Marcelo Beltrão visita mercado e discute a criação de uma Central de Abastecimento de Coruripe

 A ideia é que o município disponibilize um espaço no Mercado para que os agricultores de Coruripe vendam seus produtos no atacado para os permissionários locais

O prefeito Marcelo Beltrão fez uma visita técnica no Mercado Público Municipal, acompanhado do secretário de Indústria e Comércio, Gastão Lessa, e o secretário de Infraestrutura, Rodrigo Farias, para realizar um levantamento estrutural para dar início ao planejamento de manutenção e melhorias. Na oportunidade, a comitiva discutiu o uso de um dos galpões para a implantação de uma Central de Abastecimento no município, com proposta de que os agricultores do município tenham um amplo espaço para negociar toda a produção no atacado, sem atravessadores, aos permissionários do Mercado.

De acordo com o secretário de Indústria e Comércio, responsável por administrar o Mercado Público, existe um espaço ideal para ser usado no projeto, mas que precisará passar por algumas adequações.

“A Central de Abastecimento trará um grande benefício aos comerciantes locais e de toda a região. Sabemos dos altos custos, combustível e frete. Nosso objetivo é que os permissionários do mercado e das feiras de Coruripe façam suas compra no atacado aqui no município, comprando do nosso produtor local. Este é um projeto que nasceu no Plano de Governo do prefeito Marcelo e, com o Sebrae e a experiência da Associação Astral, estamos discutindo a sua efetivação e vistoriando o local, que deverá sofrer intervenção para melhor acomodar os agricultores para negociar sua produção no atacado”, explicou Gastão Lessa.

Em Coruripe existem dezenas de agricultores que comercializam seus produtos no Ceasa, em Maceió e já possuem experiência para negociar o que produzem no atacado, a exemplo dos associados da Astral, que vem participando dessa iniciativa.

De acordo com o prefeito Marcelo Beltrão, a efetivação do Centro de Abastecimento de Coruripe vai impulsionar a economia, reduzindo os custos de negociação, sem o atravessador e a necessidade do frete com o deslocamento para outras cidades.

“Estamos trabalhando para impulsionar a economia, gerar emprego e renda. Trabalhando para encontrar um canal de escoamento para toda a produção agrícola do município. Existe um galpão inutilizado no Mercado Público, este será local para que eles possam negociar. Nosso objetivo é que os agricultores coruripenses abasteçam os permissionários das feiras do município e o dinheiro circule aqui. Queremos agregar valor à produção local e de toda a região”, enfatizou o prefeito Marcelo Beltrão.

A implantação da Central de Abastecimento de Coruripe conta ainda com o apoio técnico Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP