Vacina não aplicada em idosa foi achada em local de descarte, informa Prefeitura de Maceió

Foi encontrada no local destinado ao descarte a dose de vacina contra a Covid-19 que deixou de ser aplicada em uma idosa de Maceió nessa quinta-feira (28). De acordo com a Prefeitura de Maceió, a seringa e o imunizante estavam no local de descarte do espaço em que se encontrava a pofissional de enfermagem responsável pela aplicação.

O fato ocorrido no primeiro dia de vacinação dos idosos na capital alagoana repercutiu nacionalmente e é alvo de investigação por parto do Ministério Público de Alagoas (MP/AL) e procedimento interno da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió, que afastou a técnica de enfermagem responsável pela aplicação.

O caso foi descoberto após a família divulgar o vídeo do momento em que a mulher era vacinada. No entanto, as imagens mostram a técnica de enfermagem apenas furando a idosa, sem injetar o líquido da seringa. Após comprovada a falha no processo de imunização, a idosa voltou ao local e foi, de fato, vacinada.

Após o ocorrido, a Prefeitura de Maceió mudou o protocolo de vacinação e determinou que os profissionais de saúde mostrem a seringa cheia antes da vacinação e vazia após a aplicação. O órgão informou que a falha envolvendo a idosa trata-se de um caso isolado.

Nesta sexta-feira (29), a Secretaria Municipal de Saúde de Maceió divulgou que cerca de dois mil idosos com idade igual ou superior a 85 anos já foram vacinados na capital. A vacinação dos idosos acima de 85 anos começou nessa quinta-feira (28) em Maceió. Eles estão sendo vacinados em tendas em dois shoppings da capital alagoana, um no Benedito Bentes e outro em Mangabeiras. Além disso, um ponto de vacinação drive-thru foi montado no estacionamento de Jaraguá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP