JHC e Alfredo Gaspar trocam farpas e apresentam propostas em debate na TV Gazeta

Os dois candidatos a prefeito de Maceió que estão no segundo turno das eleições municipais participaram, nesta sexta-feira (27), do debate realizado pela TV Gazeta. JHC (PSB) e Alfredo Gaspar (MDB) tentaram aproveitar o espaço para apresentar as propostas de campanha, mas os ataques foram inevitáveis e, mais uma vez, protagonizaram o encontro entre os dois postulantes ao cargo e gestor da capital alagoana.

JHC acusou Alfredo Gaspar de ser omisso, como então procurador de Justiça, com as irregularidades investigadas pela Polícia Federal em pastas do governo Renan Filho, assim como em outras situações, como o problema enfrentado pelos bairros da capital em decorrência da atividade da Braskem. Tudo isso na época em que ele respondia pelo comando do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL). JHC também lembrou o fato de o filho de Alfredo ter ocupado um cargo no Governo do Estado.

JHC falou sobre o que considera omissão por parte do candidato Alfredo

FOTO: AILTON CRUZ

“Você tem a caneta na mão, mas ela não tem tinta. Ocorreram cinco operações da Polícia Federal em pastas do governo do seu padrinho e você nunca cooperou para investigar os governos [municipal e estadual]. Você não tem autonomia, independência. Você, Rui Palmeira e Renan Calheiros não se juntaram para resolver o problema dos bairros afetados pelas rachaduras, mas se juntaram para te lançar como candidato. Não dá mais para ter políticos ‘rabo preso'”, reagiu JHC.

Alfredo Gaspar, candidato de Rui Palmeira e dos Calheiros, disse que tem o apoio dos governos como forma de parcerias. “A minha vida sempre foi de autonomia e independência. Esse negócio de ‘eu faço e eu aconteço’, é próprio de quem não tem maturidade. No destino, quem manda sou eu. As secretarias serão ocupadas por gente técnica. O Rui e o Renan foram eleitos pelo povo, então se resolvam com ele. Eu sei o caminho que vou seguir. Tenho maturidade e experiência para levar essa cidade para o futuro, no presente”, disse Alfredo, ressaltando o orgulho que tem pelo filho que trabalhou na gestão do governo Renan Filho durante um ano.
Alfredo insistiu para saber do candidato JHC qual a proposta dele voltada para a indústria em Maceió. O candidato do PSB destacou que vai investir na indústria do turismo, focando, por exemplo, nos mercados e na balneabilidade das praias, para que o turista saia com uma boa impressão da cidade. Alfredo, por sua vez, disse que vai criar um polo industrial no Benedito Bentes, para geração de 10 mil empregos.

Debate foi transmitido pela TV Gazeta e conduzido por Felipe Toledo

FOTO: AILTON CRUZ

Durante o debate, os dois discordaram sobre a atual cobertura da saúde na atenção básica em Maceió e apresentaram as propostas para a área. “A saúde pública é o eixo principal da nossa gestão. Faremos 20 policlínicas da saúde para atender 50 mil pacientes por ano e teremos 150 novas equipes de saúde da família. Iremos entregar 100% de cobertura na atenção básica. Vamos acabar com o Cora e as filas na saúde”, disse Alfredo.
Já JHC falou em despolitização da saúde pública. “Com muita coragem, nós vamos despolitizar a saúde e acabar com o Cora. Mudar o sistema e mudar quem está manipulando ele. Também vamos implantar o corujão da saúde, fazendo com que os postos funcionem até as 21h. Teremos, ainda, um programa para que não falte remédio nas farmácias públicas”, disse JHC.
Sobre emprego e renda, o candidato do PSB lembrou que o atual cenário de desemprego no qual se encontra o estado de Alagoas e a capital Maceió é reflexo das políticas públicas existentes e implantadas pelos apoiadores de Alfredo Gaspar. Dados do IBGE mostram que mais de 220 mil alagoanos estão desempregados, com a maior parte sendo na cidade de Maceió.

Alfredo Gaspar disse que apoio do Estado será na forma de parceria

FOTO: AILTON CRUZ

“O senhor é apoiado por Rui e Renan Calheiros. O desemprego que vemos hoje é muito por conta das politicas públicas. Vamos desburocratizar, estimular a economia para gerar mais emprego e renda para a população”, pontuou JHC.
Sobre o assunto, Alfredo citou o programa Começando Bem, que pretende gerar o primeiro emprego para a população. Também falou sobre a implantação de um auxílio municipal, que dará R$ 100 por mês para 250 mil pessoas da capital. “Irei utilizar o Fecoep para dar 100 reais por mês às famílias. Iremos combater a desigualdade social, com proposta real, que modifique a vida das pessoas para melhor”, afirmou Alfredo.
Sobre segurança, o candidato JHC disse que vai investir na guarda municipal e no videomonitoramento, fazendo concurso público e valorizando os profissionais. “Vamos fazer concurso e modernizar a nossa guarda. Também vamos especializar a guarda para fazer a Ronda Maria da Penha”, afirmou.
Alfredo Gaspar relembrou sua trajetória como secretário de Estado e disse que vai colocar a guarda municipal para atuar em parceria com a Segurança Pública. Vamos investir nas oportunidades para os nossos jovens, criando a arena de cultura e esporte para competir com os traficantes”, destacou.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Ao final do debate, que foi conduzido pelo jornalista Felipe Toledo, Alfredo Gaspar pediu que os eleitores tivessem um momento de reflexão e pensassem o que querem para a cidade. “Quero pedir um momento de reflexão. Estamos para definir o futuro da nossa cidade. Não sou da política, é a minha primeira vez. Deixei a carreira no Ministério Público para dar esse passo. Eu sempre me perguntei se eu iria fazer isso comigo, dar uma chance para cuidar das pessoas e transformar a vida delas para melhor. Vou fazer de Maceió a melhor cidade para se morar no Brasil”, afirmou Gaspar.
JHC, agradeceu aos eleitores por estar no segundo turno e pediu o voto daqueles que querem a mudança para Maceió. “Com extrema alegria e imensa felicidade, eu quero agradecer ao maceioense, que deu chance ao novo, à coragem, à independência, a quem não tem rabo preso, a quem vai decidir de acordo com os interesses públicos. Eu peço seu apoio, o seu voto. Vamos mudar Maceió”, falou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP