Nordestão: torneio com protocolos, sede única e dois times a menos

Após pouco mais de quatro meses de paralisação no calendário do futebol brasileiro, a Copa do Nordeste será retomada nesta terça-feira. Devido à pandemia da Covid-19, os mandos de campo foram substituídos por uma sede única, Salvador.

Arquibancadas estarão vazias, e a tabela tem duas equipes a menos: Frei Paulista e Imperatriz, que se enfrentariam na rodada, não têm mais chance de classificação às quartas de final e deixam a competição. No Barradão, a partida entre Fortaleza e América-RN vai abrir, às 20h (horário de Brasília), a última rodada da fase classificatória.

E ainda há outras mudanças: a adoção de protocolos de segurança para evitar a disseminação do coronavírus. Em campo, estarão as novidades trazidas pelas equipes: algumas se reforçaram, outras perderam atletas e teve até troca de treinador. Diante tudo isso, o GloboEsporte.com preparou um guia para você não se perder no retorno da Copa do Nordeste.

Onde serão os jogos?

A reta final da Copa do Nordeste tem a Bahia como sede. Os últimos jogos da fase classificatória vão ser realizados em seis estádios ou centros de treinamento do estado. Confira abaixo.

Pituaçu

Oficialmente chamado Estádio Roberto Santos, Pituaçu fica em Salvador e tem capacidade para 32.157 torcedores. Depois de reformado e ampliado, o estádio recebeu treinos das seleções que disputaram partidas da Copa do Mundo 2014 na capital baiana, incluindo a Seleção Brasileira.

Barradão

O estádio Manoel Barradas, em Salvador, pertence ao Vitória. Com capacidade para 30.618 pessoas, também foi usado por seleções em preparação para partidas do Mundial sediado pelo Brasil. Antes disso, passou por reforma para se preparar: os vestiários tiveram o número de chuveiros ampliado e piso e esquadrias foram substituídos; um spa foi instalado para tratamento dos atletas; o campo teve o gramado renovado e ganhou um novo sistema de drenagem e irrigação, que obedece aos padrões estabelecidos pela Fifa.

Valfredão

O estádio Eliel Martins fica na cidade de Riachão do Jacuípe, a 186 quilômetros de Salvador, e recebe as partidas da Jacuipense, que disputa o Campeonato Baiano e vai entrar em campo pela Série C. Em 2015, recebeu nova iluminação, vestiários e gramado. Sua capacidade é de 5 mil pessoas.

Arena Cajueiro

Oficialmente chamada Estádio Jodilton Souza, a Arena Cajueiro foi inaugurada em 2018, em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador. Com capacidade para 4 mil pessoas, o estádio pertence ao Bahia de Feira e também abriga espaços para comportar as divisões de base e atletas da equipe profissional, academia, salão de jogos e um auditório.

Joia da Princesa

O Estádio Alberto Oliveira se localiza em Feira de Santana e tem capacidade para 16.274 torcedores. Sob administração municipal, o Joia da Princesa atende aos clubes do município, Feirense, Flu de Feira e, em algumas ocasiões, o Bahia de Feira. Também já foi utilizado como mando de campo do Bahia.

CT da Praia do Forte

Localizado no distrito de Praia do Forte, em Mata de São João, região metropolitana de Salvador, o Centro Esportivo Praia do Forte foi construído para abrigar os treinos da seleção da Croácia na Copa do Mundo de 2014. Inaugurado em abril de 2014, tem capacidade para 400 pessoas e possui cobertura permanente nas arquibancadas e sistema de iluminação. Praia do Forte, a 80 quilômetros da capital, é polo turístico e abriga diversos hotéis de grande porte; costuma atrair milhares de pessoas, principalmente durante o verão.

A Arena Fonte Nova, local em que foi montado um hospital de campanha para o combate à Covid-19, não vai receber partidas.

E os protocolos de segurança?

Todas as delegações vão ficar hospedadas em Salvador e só deixam a capital rumo ao interior nos dias dos jogos. Durante as partidas, a organização da competição vai seguir os protocolos internacionais adotados por outros clubes que já retomaram o calendário oficial.

Além disso, os profissionais de imprensa serão credenciados e terão acesso em número limitado, sob responsabilidade da Liga do Nordeste e da CBF. Os organizadores do campeonato também preparam uma campanha de conscientização para que os torcedores não se aglomerem em torno dos estádios nos dias de jogos.

E os horários?

Além do jogo entre Fortaleza e América-RN, nesta terça-feira, a última rodada da fase classificatória terá outras seis partidas, todas marcadas para as 20h de quarta-feira.

  • 21 de julho, terça – Fortaleza x América-RN- Barradão, Salvador
  • 22 de julho, quarta – Sport x Confiança – Arena Cajueiro, Feira de Santana
  • 22 de julho, quarta – ABC x CSA – CT Praia do Forte, Mata de São João
  • 22 de julho, quarta – CRB x Ceará – Barradão, Salvador
  • 22 de julho, quarta – Bahia x Náutico – Pituaçu, Salvador
  • 22 de julho, quarta – Botafogo-PB x Vitória – Joia da Princesa, Feira de Santana
  • 22 de julho, quarta – River-PI x Santa Cruz – Valfredão, Riachão do Jacuípe

As equipes que avançarem de fase vão se enfrentar nas quartas de final em jogo único, no dia 25 de julho. As semifinais também terão jogo único, nos dias 28 e 29 de julho. Em dois jogos, a final da competição será nos dias 1º e 4 de agosto. Locais e horários ainda serão definidos pela organização.

E os clubes?

ABC

O ABC foi o primeiro clube – com exceção de Bahia e Vitória – a iniciar os treinamentos em Salvador. O Alvinegro recebeu o suporte da Liga do Nordeste para antecipar a viagem para a capital baiana e realizar a preparação longe do Rio Grande do Norte, já que não havia liberação para atividades em Natal. Quanto ao grupo, o técnico Francisco Diá não contará inicialmente com o atacante Wallyson, que ainda se recupera de cirurgia na tíbia direita.

Apesar da crise financeira, o ABC garantiu a permanência da equipe que foi campeã do primeiro turno do Campeonato Potiguar, incluindo o meia João Paulo, que chegou a se transferir para o Náutico em junho, mas acabou assinando novo contrato com o Alvinegro. Os treinos na Bahia foram iniciados no dia 10.

Situação na tabela: o ABC é quarto colocado no Grupo A da competição com nove pontos ganhos. Para garantir a vaga sem depender de outros resultados, precisa vencer seu jogo. Em caso de tropeço, tem que torcer contra Sport e CRB.

América-RN

O América-RN decidiu realizar intertemporada em outro estado enquanto não havia autorização para treinar no Rio Grande do Norte. O time de Roberto Fernandes treinou entre os dias 1º e 12 de julho no CT do Retrô, na Grande Recife. Sobre o elenco para esta retomada, a principal baixa foi o atacante Tiago Orobó, negociado com o Fortaleza.

O Alvirrubro, com o esforço da diretoria, conseguiu manter o grupo que vinha atuando antes do início da pandemia. Aproveitou o período de suspensão das competições para recuperar jogadores lesionados como o volante César Sampaio e o atacante Tito, e, no retorno, apresentou reforços como o atacante Elias, ex-São Luiz-RS, e o volante Felipe Guedes, ex-ABC e Pelotas.

Situação na tabela: na sétima colocação do grupo B, o América-RN não tem mais chance de classificação. A equipe somou seis pontos nos sete jogos disputados até aqui.

Bahia

O Tricolor voltou aos treinos presenciais no dia 16 de junho. Durante o período de pausa, o clube não contratou novos jogadores e se reforçou apenas com a integração de alguns atletas que estavam no time B que disputava o Campeonato Baiano, casos do goleiro Mateus Klaus, do meia Ramon, do volante Edson e do atacante Alesson.

Por outro lado, o Bahia ficou sem o atacante Arthur Caíke, que teve o contrato encerrado em junho. Além dele, o também atacante Gustavo, que se destacou pelo time B no Campeonato Baiano e vivia expectativa de ser aproveitado na equipe de Roger Machado, foi vendido para o Incheon United, da primeira divisão da Coreia do Sul.

Situação na tabela: já garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Nordeste. O time briga agora pela liderança do Grupo A com o Fortaleza, que tem a mesma pontuação, número de vitórias e leva a melhor no saldo de gols.

Botafogo-PB

O Belo voltou aos treinos no dia 29 de junho. A ideia da diretoria era não se desfazer dos atletas que tinha em seu elenco. No entanto, os laterais-direitos Israel e Neílson e o meia Enercino estavam em fim de contrato e se despediram do time alvinegro. Apenas Dico, que estava na mesma condição, prolongou o seu vínculo com o clube.

O único reforço do Belo nesse período ficou na conta do presidente Sérgio Meira, que bancou a contratação do atacante Chaveirinho, que esteve no Sampaio Corrêa no primeiro semestre e já está integrado ao elenco botafoguense.

Situação na tabela: o Botafogo-PB ocupa a terceira posição no Grupo A, com 12 pontos. O time precisa apenas de um empate na última rodada para se classificar.

Ceará

O Ceará atravessou o período de paralisação sem dispensas ou redução de salários. O time renegociou salários, investiu em lançamentos de uniformes e trouxe o técnico Guto Ferreira logo no início da parada. Primeiro clube do Nordeste a retomar os treinamentos, o Vovô ficou um pouco mais tímido no mercado, trazendo o atacante Jacaré.

A expectativa gira em torno principalmente do setor ofensivo: liderado por Rafael Sóbis, o time vinha em ascensão até a pausa, e, ao lado do Vitória, ainda não perdeu nenhuma partida.

Situação na tabela: na quarta colocação do Grupo B, o Ceará tem 11 pontos conquistados e só depende de si para se classificar. O Vozão precisa vencer o CRB para não depender de outros resultados.

Confiança

O Dragão voltou aos treinos presenciais no dia 29 de junho. Durante o período de paralisação, o clube aproveitou para renovar o contrato com alguns jovens atletas do elenco, o zagueiro Vinícius Santana, de 21 anos, e lateral-esquerdo Dudu, de 19 anos.

Nesta retomada do Nordestão, o técnico Matheus Costa não vai ter o lateral Altemar, que sofreu uma lesão no joelho e desfalca a equipe.

Situação na tabela: com 13 pontos, o Dragão ocupa a 1ª colocação do Grupo B. O time está na zona de classificação para as quartas de final e depende apenas de si para conseguir a vaga inédita na fase.

CRB

O clube voltou a treinar no CT dia 23 de junho e contratou quatro reforços durante a parada do futebol. O atacante Bill (ex-Flamengo), o meia-atacante Magno Cruz (ex-Atlético-GO), o meia Diego Torres (ex-Chapecoense) e o volante Thiaguinho (ex-Botafogo) estão regularizados e são boas opções para o técnico Marcelo Cabo no retorno do Nordestão.

Quem deixou o clube foi o meio-campista Bruno Cosendey, que voltou para o Vasco. Também foi para a equipe carioca o preparador físico Léo Cupertino. Thiago Melsert, ex-Corinthians, chegou para ser o substituto.

Situação na tabela: o Galo soma oito pontos no Grupo A e ainda tem chance de classificação. Precisa vencer o Ceará e torcer por tropeços de ABC e Sport.

CSA

O CSA teve que deixar, em março, o tradicional CT do Mutange, por causa de rachaduras no bairro. O clube voltou às atividades apenas em 23 de junho, no reformado CT do Nelsão, antiga casa do Corinthians-AL. O time, comandado pelo técnico Eduardo Baptista, ainda tem três jogadores para estrear na temporada: o volante Márcio Araújo (ex-Chapecoense), o meia Andrigo (ex-Figueirense) e o lateral-esquerdo Igor Fernandes (ex-Avaí). Igor foi o único contratado durante a parada do futebol.

Deixaram o clube nesse período o meia Gustavo Hebling, o volante Luan, o meio-campista Jean Cléber e também o gestor de futebol, Raimundo Tavares.

Situação na tabela: sem chances de classificação na Copa do Nordeste, o Azulão tem quatro pontos no Grupo B e apenas cumpre tabela contra o ABC.

Fortaleza

O Fortaleza, atual campeão da Copa do Nordeste e antecipadamente garantido nas quartas de final, também manteve todos jogadores, comissão técnica e funcionários, reduzindo apenas os salários. O único reforço anunciado foi o do atacante Tiago Orobó, que estava no América-RN – próximo adversário do Tricolor – e que por esse motivo, não vai poder atuar na competição.

O retorno aos treinos ocorreu em 2 de junho, e, desde então, o time vem em rígido protocolo de segurança para evitar a disseminação da Covid-19. O time pretende defender o título do Nordestão, buscando o bicampeonato.

Situação na tabela: na liderança do Grupo A, o Fortaleza está garantido nas quartas de final da Copa do Nordeste. A equipe joga para garantir a liderança do grupo. Para isso, precisa vencer o América-RN.

Náutico

O Timbu voltou aos treinos no dia 15 de junho. Durante a pausa nas competições, contratou o meia Dadá Belmonte, do Água Santa-SP, o meia paraguaio Júnior Brítez (ex-sub-23 da Ponte Preta) e trouxe de volta por empréstimo o atacante Thiago, joia da base vendido ao Flamengo no fim da temporada passada. Destes, Dadá Belmonte ainda não chegou – somente depois do Paulistão.

O Timbu não renovou contrato com o atacante Jefferson Nem, que deixou o clube, mas conseguiu renovar com o atacante Erick. O principal jogador do time, o meia Jean Carlos, testou positivo pra Covid-19 na última quarta-feira e não joga contra o Bahia, no retorno do Nordestão.

Situação na tabela: ocupa a terceira posição no Grupo B e depende apenas de si para avançar para a próxima fase. Também tem chance de chegar à liderança do grupo.

River-PI

Nos últimos dias, o Galo confirmou as aquisições de Igor Tavares (lateral-esquerdo), Wendel (meia), Guto (volante), Jairo (meia) e Emanuel (atacante). O clube já está em Salvador e treinava no Centro de Treinamento do Bahia. Nesta quinta, a equipe passou a realizar suas atividades no CT do Vitória.

Apesar de eliminado no Nordestão, o River-PI trata o jogo contra o Santa Cruz como um teste para os atletas em decorrência do período inativo por conta da pandemia do coronavírus e, consequentemente, de preparação para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Situação na tabela: em último lugar no Grupo A, o River-PI não tem mais chance de avançar na Copa do Nordeste.

Santa Cruz

O Santa Cruz contratou, durante a pausa, duas promessas do Atlhetico, o meia Kleiton e o atacante Jáderson. Um deles testou positivo para Covid-19 e ficará afastado por 14 dias (clube não informou qual). O meia Chiquinho, lesionado, não está à disposição do técnico Itamar Schule.

Por outro lado, o Tricolor renovou com o atacante Victor Rangel. As atividades voltaram no dia 17 de junho, dois dias após os rivais locais.

Situação na tabela: ocupa a 5ª posição do Grupo B. O time precisa vencer o River-PI pra se classificar à segunda fase do Nordestão, mas ainda dependendo de um tropeço de Náutico ou Ceará. Também passa com um empate caso o Timbu seja derrotado pelo Bahia.

Sport

O Sport voltou aos treinos no dia 15 de junho e conseguiu suspender bloqueio de inscrições na CBF por conta de dívida com o chileno Mark González, que jogou no time em 2016. Assim, pôde regularizar reforços contratados durante a paralisação, o atacante Ronaldo (ex-Santo André) e o lateral-direito Patric (ex-Atlético-MG).

Durante a pausa, ficou definido que alguns jogadores não atuam mais pelo clube e negociam saída para outros times: volante Rithely, zagueiro Cleberson e outros da base que haviam subido em 2020.

Situação na tabela: ocupa a 5ª posiçao do Grupo A. O Leão teve uma primeira parte de temporada irregular e precisa vencer o Confiança, pelo Nordestão, e ainda depender de resultados pra se classificar às quartas (também pode passar com um empate, se o ABC perder pro CSA).

Vitória

De volta aos treinos presenciais no dia 16 de junho, o Leão também aproveitou a pausa no calendário para se reforçar. O goleiro César, emprestado pelo Londrina, e o atacante Mateusinho, que estava no Guarani, foram anunciados. O clube ainda encorpou o elenco com atletas que estavam no time B e disputavam o Campeonato Baiano, casos de Yuri, Figueiredo, Eduardo, Eron, Negueba, Carlos, Maykon e Caíque.

Contudo, durante a pausa, a diretoria do Vitória decidiu pela demissão do técnico Geninho em razão da crise financeira. O auxiliar Bruno Pivetti assumiu a equipe. Ainda há uma indefinição sobre a situação do atacante Léo Ceará, que não chegou a acordo para renovação.

Situação na tabela: invicto no Nordestão, o Rubro-Negro está na 2ª posição no Grupo B, com os mesmos 13 pontos do líder Confiança (perde no número de vitórias). Basta um empate na última rodada para garantir classificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP