Renato Filho retoma aliança com Arthur Lira, após “pausa” de 2018

Presidente do PSC em Alagoas, o prefeito do Pilar, Renato Filho, saiu fortalecido das urnas em 2020. O partido ganhou musculatura estadual, com três prefeituras no interior e uma bancada de três vereadores em Maceió.

A família Canuto, que já tem uma representante na Assembleia Legislativa de Alagoas, a deputada Fátima, passa a comandar, além da prefeitura de Pilar, Atalaia, 12a maior cidade do Estado e mantém relação de aliança com o governador Renan Filho (MDB).

Mesmo fortalecido, Renato Filho tomou uma decisão que surpreendeu os meios políticos. Na terça-feira (8) ele encontrou em Brasília o deputado federal Arthur Lira (PP). E contrariando expectativas, os dois decidiram retomar uma antiga aliança.

Renato, que até 2014 votavam com Arthur Lira para federal, rompeu com o deputado em 2018, como parte do “pacote” da aliança com Renan Filho.

Eles eram aliados políticos e, como acontece em casos assim, se estranharam após o rompimento. E estiveram em palanques adversários numa campanha acirrada na eleição de Atalaia, onde Ceci Rocha PSC), foi eleita prefeita disputando contra Chico Vigário, um dos aliados mais importantes de Arthur.

A recomposição foi definida entre os dois. Renato Filho e Arthur Lira voltam a marchar juntos. Mas isso não atrapalha, avisa um importante interlocutor, a relação com o governador Renan Filho: “os projetos do governador e do deputado para 2022 são diferentes. Não haverá conflitos para o prefeito na próxima eleição”, pondera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP